Salvador possui uma ONG onde os ativistas de direitos humanos, mais parece uma Milcia que protetores dos direitos assegurados pela Carta Magna da ONU e nossa Constituio Federal. | Direitos Humanos | JORNAL PACIFISTA 

Eduardo Ruman (In Memoriam)
Diretor-Presidente
Administrativo e Empreendedor
Denise Ruman
MTB - 0086489
JORNALISTA RESPONSÁVEL
The Biggest and Best International Newspaper for World Peace
BRANCH OFFICE OF THE NEWSPAPER "PACIFIST JOURNAL" in BRAZIL
Founder, President And International General Chief-Director / Fundadora, Presidente e Diretora Geral Internacional :  Denise Ruman - MTB: 0086489 / SP-BRAZIL
Local Chief-Director - Brazil / Diretora-Chefe Local - Brasil :  Denise Ruman
Mentor do Jornal / Mentor of the Newspaper  :  José Cardoso Salvador (in memoriam)
Mentor-Director / Mentor-Director  :  Mahavátar Babají (in memoriam)

Direitos Humanos / 26/10/2019


Salvador possui uma ONG onde os ativistas de direitos humanos, mais parece uma Milícia que protetores dos direitos assegurados pela Carta Magna da ONU e nossa Constituição Federal.

1 vote
Salvador possui uma ONG onde os ativistas de direitos humanos, mais parece uma Milícia que protetores dos direitos assegurados pela Carta Magna da ONU e nossa Constituição Federal.


Salvador Bahia possui uma ONG onde os ativistas de direitos humanos, mais parece uma Milícia que protetores dos direitos assegurados pela Carta Magna da ONU e nossa Constituição Federal.

Andam uniformizados de preto, algemas cassetetes, abusam da autoridade, aterrorizam, batem em quem bem entendem, toda a polícia de salvador os conhece, muitos já foram presos em flagrante, mas tais abusos vêm ocorrendo em nome eu sou “AUTORIDADE”.

A maior arma de um defensor de direitos humanos e a sua caneta, nas representações que faz junto aos órgãos públicos.

E necessário que Brasília inicie uma investigação para coibir tais atos, aliás desumanos, para tanto já ingressamos com uma representação junto ao Ministério Público Federal para as devidas providencias.

Esperamos que seja investigado e punido tais organizações.
As credenciais do Parlamento Mundial de Segurança e Paz, assegurado dentro da Lei, não da direito a ninguém andar de onibus de graça, entrar em cinema, estadio ou qualquer local público.
E dever de cada membro do Parlamento zelar pelos direitos e deveres, podendo ser enquadrado pelo Código Civil por Abuso de Autoridade e a acreditação junto a ECOSOC ESANGO Organização da Sociedade Civil das Nações Unidas e para que membros nela acreditados possam participar de conferencias abertas para exporem seus projetos em peol da Humanidade, ser cadastrado lá não da o direito de falar EU SOU DA ONU!
Quem assim agir esta incorrendo em falsidade ideológica.

Celso Dias Neves

Embaixador Presidente da WPO.


Comentários
0 comentários


  • Enviar Comentário
    Para Enviar Comentários é Necessário estar Logado.
    Clique Aqui para Entrar ou Clique Aqui para se Cadastrar.


Ainda não Foram Enviados Comentários!


Copyright 2019 - Jornal Pacifista - Todos os direitos reservados. powered by WEB4BUSINESS

Inglês Português Frances Italiano Alemão Espanhol Árabe Bengali Urdu Esperanto Croata Chinês Coreano Grego Hebraico Japonês Hungaro Latim Persa Polonês Romeno Vietnamita Swedish Thai Czech Hindi Você